APRESENTAÇÃO

A inovação é realizada nas empresas, mas as Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs), como as universidades e institutos de pesquisa, são sem dúvida, fundamentais para a produção e para o avanço do conhecimento científico e tecnológico, e por esse motivo, qualquer sofisticado sistema econômico depende, nos dias de hoje, da troca de conhecimentos entre ICTS e empresas.

No Brasil, a P&D em saúde tem se concentrado principalmente no setor público, em institutos de excelência como o Butantan, vinculado à Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, e considerado como um dos maiores centros de pesquisa biomédica do mundo, e principal produtor público de vacinas, antivenenos e antitoxinas da América Latina.

Produz mais de 93% do total de soros e vacinas consumidos no Brasil, como por exemplo, as vacinas contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e influenza sazonal e H1N1.

Possui 35 laboratórios científicos; um Centro de Inovação Tecnológica; um Hospital especializado; 3 Biotérios (um de mamíferos, um de aranhas e outro de serpentes); 7 fábricas de vacinas (dentre elas uma para uso veterinário); uma fábrica de fracionamento de plasma e 11 fábricas de bioprodutos. Conta com a atuação de aproximadamente 400 pesquisadores e 220 alunos de mestrado, doutorado e pós-docs.

Realiza missões científicas no país e no exterior através da Organização Mundial e Panamericana da Saúde, UNICEF e a ONU. Colabora no combate a surtos epidêmicos com órgãos da Secretaria e do Ministério da Saúde, com o National Institute of Health, dos EUA, e ainda com a Bill & Melinda Foundation (Fundação do Bill Gates dedicada à pesquisa e ações comunitárias em saúde).

Está totalmente voltado para o desenvolvimento de pesquisas científicas e para produção de biológicos de valor agregado para a saúde pública. Tem por princípio o desenvolvimento harmônico e integrado da pesquisa científica e tecnológica.

Disponibiliza publicações em suas áreas de atuação, oferece estágios e realiza cursos de extensão e de pós-graduação.

Tendo em vista a experiência acumulada nos 116 anos de existência e a difusão do conhecimento, lançou no ano de 2013, o MBA GESTÃO DA INOVAÇÃO EM SAÚDE, visando fomentar a formação de recursos humanos capazes de transformar a excelência da pesquisa científica brasileira em práticas inovadoras na área da saúde, contribuindo para a aceleração do crescimento econômico e social do país.